quinta-feira, 1 de junho de 2017

Cibersegurança da França não vê pista russa em ataques contra campanha de Macron

O chefe da Agência Nacional de Segurança dos Sistemas de Informação (ANSSI), Guillaume Poupard, disse que os ataques de hackers contra campanha de Macron não indiciam a conivência de hackers russos, relata a Associated Press.

Segundo Guillaume Poupard, o ataque “foi tão simples e não especializado que podia ter sido realizado por qualquer pessoa”. Ele sublinhou que apenas uma única pessoa podia ter feito isso.
DETALHES A SEGUIR URGENTE 

Arquivo do blog segurança nacional