sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Brasil prepara criação de centro de defesa cibernética


Preocupações com a segurança assim o determinam
O Governo brasileiro prepara uma política de defesa especial para o mundo cibernético, informa uma normativa publicada ontem no Diário Oficial.
A previsão é de que seja criado um novo órgão, subordinado ao Ministério da Defesa, para gerir as políticas de fiscalização e controle contra potenciais ataques virtuais ao país.
A equipa será coordenada pelas Forças Armadas e também contará com colaboração de profissionais civis e do meio académico.
Entre as acções previstas constam ainda exercícios de simulação feitos pelas Forças Armadas com base em situações hipotéticas de ataques via internet.
Uma das maiores preocupações do Governo brasileiro é a segurança durante os grandes eventos como o mundial de futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, que o país irá sediar.
Em paralelo, o Congresso também discute a adopção de uma espécie de código civil para a internet que pretende incluir no ordenamento jurídico brasileiro uma série de normas relativas ao uso da rede, incluindo direitos e deveres para os servidores e usuários.
Também este ano, os parlamentares aprovaram a criação de duas novas leis na mesma área, que criminaliza crimes praticados pela internet, como invasão de computadores, roubo de senhas e arquivos, entre outros.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional