sábado, 8 de julho de 2017

Míssil Mistral é lançado na Ilha da Marambaia


O Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea (BtlCtaetatDAAe) realizou, nos dias 29 de maio e 19 de junho, respectivamente, o lançamento diurno e noturno do míssil superfície-ar “MSA Mistral”, na Restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro (RJ).
O míssil superfície-ar portátil é guiado por infravermelho, usado para a defesa aérea de curto alcance. O sistema pode receber câmera térmica para efetuar disparos noturnos. O tempo de engajamento, a partir da iniciação da sequência de disparo até o lançamento do míssil, é de menos de cinco segundos, sem designação prévia de alvo, e cerca de três segundos, se existe alerta.
O lançamento diurno, no dia 29 de maio, pontuou o término do Curso Especial de Defesa Antiárea, conduzido nas dependências do Batalhão, sob a orientação pedagógica do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC). O lançamento teve ainda o objetivo de adestrar os militares da Bateria de Artilharia Antiaérea do BtlCtaetatDAAe para o provimento da defesa antiaérea dos Grupamento de Operações de Fuzileiros Navais, uma das cinco grandes tarefas do Batalhão.
No dia 19 de junho, pela primeira vez na história do Corpo de Fuzileiros Navais, o MSA Mistral foi disparado em condições de visibilidade reduzida, as quais dificultam sobremaneira todos os procedimentos necessários para efetuar a operação. O lançamento teve como objetivo adestrar os militares em um ambiente que mais se assemelha a um possível combate real, onde fatores externos determinam com maior intensidade o sucesso da missão.
FONTE: Marinha do Brasil

Arquivo do blog segurança nacional