sexta-feira, 21 de julho de 2017

Havaí se prepara para um ataque da Coreia do Norte

O Havaí prepara um plano de ação para caso de um eventual ataque com míssil balístico intercontinental lançado por Pyongyang, informa a edição Honolulu Star Advertiser.
Segundo as autoridades locais, a campanha informativa correspondente anunciará sobre os passos que têm que ser dados imediatamente, pois o míssil norte-coreano pode atingir o Havaí em 20 minutos.
Não queremos provocar estresse, mas temos que nos preparar para quaisquer riscos. Não podemos demorar com o início da campanha informativa, para podermos ter certeza que os moradores do Havaí sabem o que fazer se isso acontecer", diz a declaração do administrador do serviço local para situações de emergência, Vern Miyagi.
Ao mesmo tempo, os representantes do setor turístico temem que esta campanha possa ser interpretada de modo errôneo e possa provocar uma queda do fluxo de turistas, o que, por sua vez, poderá afetar a economia da região.
Charlene Chan, porta-voz da Autoridade do Turismo do Havaí, apontou, no entanto, que a possibilidade de que a Coreia do Norte ataque é baixa.
Nos últimos meses, Pyongyang realizou uma série de lançamentos de mísseis balísticos e de testes nucleares. O último lançamento teve lugar em 4 de julho. Pyongyang afirma ter testado com sucesso um míssil balístico intercontinental. Após o lançamento, o míssil Hwasong-14 voou cerca de 933 quilômetros em 39 minutos, atingindo uma altitude de 2.802 quilômetros, informou a televisão estatal da Coreia do Norte.

Arquivo do blog segurança nacional