domingo, 11 de junho de 2017

Vídeo: EUA incendeiam Raqqa com fósforo branco

Um novo vídeo mostra como os militares dos EUA usam munição de fósforo branco inflamável em seus ataques às cidades controladas por radicais na Síria.

O vídeo foi divulgado pela mídia síria. De acordo com a imprensa local, as tropas dos EUA usaram essa tática durante o bombardeio da cidade síria de Raqqa.
Comentários no vídeo indicavam que havia entre 70.000 e 100.000 civis na cidade no momento do ataque. As filmagens mostram ataques noturnos durante os quais a munição explode no ar antes de um banho de fogo cair sobre edifícios.
Ataques semelhantes foram relatados durante os combates na cidade iraquiana de Mossul, também ocupada pelo Daesh (grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico, proibido na Rússia e em vários outros países).
A sua utilização de fósforo branco como componente de armas químicas é proibida pelas Convenções de Genebra, mas o elemento em si não é considerado uma arma química. Especialistas, porém, discordam da classificação porque em contato com ar, a substância entra em combustão e ataca o sistema respiratório. Os EUA já usaram o componente na Guerra do Vietnã e na Guerra do Iraque.

Arquivo do blog segurança nacional