sexta-feira, 9 de junho de 2017

Rússia: Coalizão dos EUA bombardeia tropas sírias e deixa terroristas escaparem do cerco

O Ministério da Defesa russo acusou a coalizão liderada pelos EUA de bombardear o exército sírio, deixando os terroristas de Daesh escaparem do cerco e reforçarem suas posições. A informação é do chefe operacional do Estado-Maior da Rússia, Sergei Rudskoy.

"Ao declarar que seu objetivo é a luta contra o terrorismo internacional, a coalizão realiza ataques contra as tropas sírias, deixa os militantes do Daesh fora das áreas de cerco, fortalecendo unidades terroristas perto de Palmira e Deir ez-Zor", diz o Estado-Maior russo. 
O Estado-Maior russo disse que a coalizão liderada pelos EUA apenas impede o avanço do Exército sírio contra os terroristas do Daesh (Estado Islâmico), realizando ataques contra as forças pró-Damasco perto de Tanf.
"No momento vemos que as ações da coalizão só impedem a derrota dos grupos do Daesh por parte das forças governamentais", afirmou Rudskoy a repórteres nesta sexta-feira (9).
Segundo ele, os militares russos não veem resultados significativos da luta da coalizão contra o terrorismo.
A coalizão internacional liderada pelos EUA realizou dois ataques contra tropas sírias em menos de um mês.

Arquivo do blog segurança nacional