segunda-feira, 29 de maio de 2017

Opinião: Pyongyang se aproxima da criação de família de mísseis balísticos

O último lançamento realizado pela Coreia do Norte na segunda (29) mostra que a indústria militar norte-coreana se aproxima da criação de toda uma série de mísseis balísticos, acrescentou à Sputnik o analista militar Igor Korotchenko.

Na manhã de segunda-feira a Coreia do Norte realizou mais um lançamento de mísseis da parte oriental do país, da zona da cidade de Wonsan. 
O míssil voou durante 6 minutos, tendo percorrido 450 quilômetros. O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul qualificou o projétil lançado como um míssil de médio ou curto alcance do tipo Scud.  
O lançamento mostra que o complexo industrial-militar norte-coreano está ativamente acabando o programa de desenvolvimento de ua família de mísseis balísticos de vários tipos, realizando as indicações de Kim Jong-un sobre a criação de um escudo de mísseis. É claro que todos estes mísseis podem carregar ogivas nucleares", acrescentou à Sputnik o analista russo Igor Korotchenko. 
Ele adiantou que Pyongyang mostra assim a reação à pressão político-militar por parte dos EUA. 
Especialistas norte-coreanos analisam os lançamentos bem e mal sucedidos para perceber os problemas e encontrar soluções técnicas. De qualquer forma podemos constatar uma implementação rápida do programa de mísseis da Coreia do Norte", frisou Korotchenko.  
O míssil lançado pela Coreia do Norte neste domingo caiu na zona econômica exclusiva do Japão, segundo informou o secretário-geral do governo japonês, Yoshihide Suga, aos jornalistas. O político revelou que o Japão protestou junto de Pyongyang nos termos mais duros possíveis

Arquivo do blog segurança nacional