quinta-feira, 13 de abril de 2017

Rússia desenvolve nova arma de precisão para o exército

O mais recente fuzil de precisão obteve o nome de “Toschnost” (Precisão) e vai ser entregue ao exército após 2020, comunicou aos jornalistas o diretor do Instituto Central de Investigação Científica de Engenharia de Precisão (TSNIITOCHMASH na sigla russa), Dmitry Semizorov.

As exigências do Ministério da Defesa são mais rigorosas – não devem ser utilizados quaisquer componentes estrangeiros. O equipamento está sendo desenvolvido para que, em 2020, este sistema tenha 100% de componentes nacionais e possa entrar ao serviço do Ministério da Defesa", comunicou Semizorov. 
Ele acrescentou que a empresa deverá substituir as munições e os elementos microeletrônicos utilizados nos anteriores modelos. 
O chefe do TSNIITOCHMASH acrescentou que em 2017 o primeiro lote vai ser fornecida para o Serviço de Guarda Federal. 
O fuzil "Toschnost" poderá utilizar dois tipos de munições: balas comuns e perfurantes. Ele está sendo elaborado com base no T-5000, mas foi feito um total de 210 alterações. 

Arquivo do blog segurança nacional