Wikipedia

Resultados da pesquisa

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Itália envia fragata FREMM para turnê promocional na Austrália

Uma fragata classe FREMM da Marina Militare Italiana visitará a Austrália em janeiro e fevereiro e realizará exercícios com a Marinha Australiana depois que o navio tornou-se finalista na concorrência para aquisição pela Austrália.
A turnê promocional, que é apoiada pela Fincantieri, construtora do navio, incluirá escalas em Fremantle, Adelaide, Sydney e Melbourne, informaram oficiais da Marinha italiana em 16 de dezembro.
Em abril, a Austrália selecionou propostas da BAE Systems, Fincantieri e Navantia para o programa do país para a construção de nove novas fragatas.
A oferta da BAE baseia-se na fragata Tipo 26, enquanto a Navantia propõe uma versão redesenhada da sua fragata classe Álvaro de Bazán (F100).
A fragata FREMM que faz a viagem, a Carabiniere, é da versão de guerra antissubmarino ASW e foi entregue à Marinha Italiana em abril de 2015, o quinto de dez unidades a serem comissionadas. Na turnê o navio vai levar um helicóptero NH90 e realizar exercícios ASW com os australianos.
A turnê promocional foi anunciada em uma conferência de imprensa da Marinha Italiana, onde oficiais da Marinha falaram ao lado de funcionários de empresas como Leonardo-Finmeccanica, Elettronica e MBDA que instalaram sistemas na Carabiniere.
O navio levará maquetes dos mísseis Aster 30, Marte ER e CAMM ER da MBDA.
Guido Crosetto, chefe do grupo italiano de indústria aeroespacial e de defesa AIAD, disse que a Fincantieri tinha vantagem sobre seus concorrentes. “Dos navios rivais, um ainda é uma ideia e outro é um projeto”, disse ele. “A Marinha Australiana prefere a oferta italiana”, acrescentou.
Crosetto disse que os trabalhos de construção seriam oferecidos à Austrália, observando que a Fincantieri abriu um escritório em Canberra no mês passado.
A Carabiniere vai fazer escala em Jeddah na Arábia Saudita e Colombo no Sri Lanka em rota para a Austrália e em em seu retorno para casa, visitará Jacarta na Indonésia, Cingapura, Malásia, Karachi no Paquistão e Muscat em Omã.
FONTE: Defensenews.com

Arquivo do blog segurança nacional