sexta-feira, 1 de novembro de 2013

UCAV Taranis aproxima-se do primeiro voo

Por Ivan Plavetz
Rompendo um período de silencio sobre o atual status do projeto da aeronave de combate não tripulada (UCAV-Unmanned Combat Aerial Vehicle) Taranis, desenvolvida sob a liderança de BAE Systems, o Ministério da Defesa do Reino Unido (MoD) revelou que o primeiro voo do demonstrador de conceito deve ocorrer em curto prazo.m carta dirigida à comissão de defesa do Parlamento britânico, o MoD informou que os ensaios terrestres foram iniciados em 2010 e o voo inaugural esta para acontecer ainda no corrente ano. Divulgado no dia 25 de outubro último, o documento foi uma resposta às solicitações de informações sobre o atual e o futuro emprego de aeronaves não tripuladas por parte das Forças Armadas e outras organizações do Reino Unido.
Acredita-se que o voo inaugural do Taranis aconteça na área de testes Woomera, sul da Austrália. A BAE Systems já usou aquele campo de ensaios em outros projetos de sistemas aéreos não tripulados, entre eles, Mantis, Herti, Corax e Raven. A noticia divulgada no dia 01 de agosto envolvendo a preparação do propulsor Rolls-Royce Turbomeca Adour do Taranis para o segundo semestre de 2013 indica que o primeiro voo do modelo é iminente.Recentemente, o MoD revelou alguns dados sobre a frota de aeronaves não tripuladas empregada pelo Reino Unidos em suas Forças Armadas, os quais estão ativos em suas maioria no Afeganistão. Segundo o MoD, cinco General Atomics Aeronautical Systems Reapers, oito Elbit Systems Hermes 450, 222 Lockheed Martin Desert Hawk IIIs, 324 Prox Dynamics Black Hornets e 18 Honeywell T-Hawks estão em operação.
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional