sexta-feira, 12 de julho de 2013

PARAQUEDISMO - Tecnologia auxilia juízes no Campeonato Brasileiro

Equipamentos eletrônicos usados pelos árbitros na 25ª edição do Campeonato Brasileiro de Paraquedismo das Forças Armadas medem o desempenho dos atletas durante saltos de precisão. Um deles é uma filmadora com lente capaz de aproximar o objeto em até 1.600 vezes. Chamada de canhão, a câmera registra todos os movimentos do paraquedista desde o salto do avião a 2.500 metros de altura. Os novos equipamentos aposentam antigos binóculos e lunetas que eram usados pelos árbitros para aferir os resultados durante as competições. Um dos destaques do campeonato é a equipe de salto livre Falcões, formada por militares da Força Aérea Brasileira (FAB). Os atletas da FAB disputam as modalidades de Formação em Queda Livre (FQL) e Precisão de Aterragem. Uma equipe de reportagem da  Agência Força Aérea acompanha o campeonato realizado em Resende, no Rio de Janeiro. Veja.

Fonte: Agência Força Aérea
SNB

Arquivo do blog segurança nacional