segunda-feira, 15 de abril de 2013

Nova configuração do VBTP-MR Guarani apresentada na LAAD 2013

Por P.Bastos/H.Higuch

Foi apresentada oficialmente na LAAD 2013, no stand da empresa ARES Aeroespacial e Defesa S.A, um filme com a concepção artística da nova torre TORC-30 (Torre Remotamente Controlada para Canhão 30mm), um desenvolvimento do Centro Tecnológico do Exército (CTEx) em parceria com a ARES para o programa GUARANI.
A TORC-30 é moderna uma torre de emprego dual (antiaéreo e terrestre) que utiliza o canhão Rheinmetall MK 30-2 ABM (Air Burst Munitions) de 30x173mm (o mesmo utilizado no IFV Puma) e, de acordo com Ricardo Azevedo, Diretor de Marketing da ARES, esta estação de armas estará equipada com o sistema de tiro já empregado na REMAX, também desenvolvida pela parceria CTEx e ARES.
Embora tenha capacidade antiaérea, a TORC-30 não terá um radar, o que reduz significativamente o peso da torre, dispensando a necessidade de pilares de reforços estrutural como os do Guarani equipado com a torre UT-30 BR, da Elbit-AEL. A TORC-30 também apresenta um perfil mais baixo que a torre israelense.
Este programa foi garantido com recursos do FINEP. Em  23/07/2012 o fundo liberou R$ 3.198.500,00 para o projeto e construção do protótipo, cujo canhão Rheinmetall deverá chegar ao Brasil durante o segundo semestre deste ano. O projeto e fabricação da  torre TORC 30 tem previsão de conclusão em 2015.
.tecnodefesa.com.br..SNB

Arquivo do blog segurança nacional