sábado, 2 de março de 2013

Boeing interessado em vender caça FA-18E / F Super Hornet ao Brasil, Chile e Peru


Boeing informou a mídia internacional sobre ointeresse da sua empresa, vendendo aviões FA-18E / F Super Hornet para as forças aéreas do Brasil, Chile e Peru . As declarações foram feitas durante a exposição IDEX 2013, realizada em Abu Dhabi, entre os dias 17 e 21 de fevereiro deste ano.
No Brasil, a campanha, colocando 36 aviões Super Hornet tem sido intensa, como parte do concurso de comprimento e ainda não resolvida internacional FX-2 . Empresas concorrentes oferecem excelentes instalações, transferência de tecnologia e compensações generosas concessões industrial, nacionalização progressiva de aeronaves através da produção de peças em empresas locais, e treinamento da mão de obra brasileira. A capacidade de operar a partir de porta-aviões é uma adição atrativa para o Brasil, como a variante naval do Dassault Rafale .
A novidade do anúncio é a declaração feita em relação às forças aéreas do Chile e do Peru. O primeiro deles tem mais de três dezenas de F-16 Fighting Falcon e espera que a Força Aérea do Chile (FACH) eventualmente solicitado propostas para o mercado de reposição para os caças F-5 restantes.
Força Aérea do Peru (FAP) alinha uma combinação de aeronaves de origem russa (MiG-29 e francês (Mirage 2000) como meio de superioridade aérea, que estão recebendo trabalhos de reforma e modernização progressiva.
Super Hornet é um projeto derivado do FA-18 Hornet , projetado especificamente para compensar fraquezas, como azimute e de capacidade de armas. É um avião bimotor pela preferência da Marinha dos EUA em aeronaves com dois motores, mais seguras, sendo que suas funções são normalmente realizadas para o mar. É um avião altamente manobrável, mas tem sensores (incluindo um radar AESA muito poderoso), aviônicos e sistemas de armas de última geração. Dependendo do preço e pacotes oferecidos pela Boeing seria uma alternativa interessante para ambas as instituições.
Os executivos das empresas americanas também mostraram interesse em forças armadas sul-americanas para os seus helicópteros e veículos aéreos não tripulados.
INFODEFESA.COM.....SNB

Arquivo do blog segurança nacional