quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Rússia participa da feira Aero India 2013


27 países, inclusive os Estados Unidos, Inglaterra, Itália, Alemanha, França e Rússia participam da feira aeroespacial internacional Aero Índia 2013, a ser realizada em Bangalore no período de 6 a 10 de fevereiro.

A Rússia é participante permanente deste evento. A exposição russa, instalada numa área de 850 metros quadrados, é organizada pela corporação estatal Rossiyskiye Tekhnologi (Tecnologias Russas) e apresenta 37 organizações, projetistas e produtores de equipamentos e armamentos aéreos.
A Índia compra tradicionalmente equipamentos militares russos, inclusive de aviação. Por outro lado, o país é parceiro importante da Rússia na construção de aviões civis e militares. Os dois países cooperam cada vez mais na projeção e construção conjuntas de aeronaves. Os parceiros indianos estão construindo hoje 140 caças versáteis SU-30MKI por licença russa no quadro de um contrato importante que se realiza hoje. Para além disso, a Índia e Rússia colaboram estreitamente no desenvolvimento conjunto do caça PAK-FA de quinta geração.
O caça de quinta geração marca uma nova etapa no desenvolvimento da aviação militar. A variante indiana do PAK-FA tem o nome de FGFA (Fifth Generation Fighter Aircraft) e combina em si as funções de avião de assalto, de bombardeiro e de caça, sendo capaz de cumprir tarefas militares em quaisquer condições meteorológicas e a qualquer hora. A realização do programa de construção conjunta de aviões de quinta geração é a mais importante orientação da parceria estratégica russo-indiana, considera o diretor do Centro Analítico de Estratégias e Tecnologias, Ruslan Pukhov:
“O programa unirá com laços de cooperação as forças aéreas russa e indiana para os próximos 30 anos. Paralelamente ao programa do BrahMos, será uma ponte de ligação na formação de um espaço militar-técnico comum e no desenvolvimento de novos programas conjuntos no futuro”.
Está estudando também a possibilidade de construir em conjunto um avião militar de transporte multifuncional de médio curso, que também será utilizado largamente na aviação civil.
Na Índia são bem conhecidos também helicópteros russos, cujos modelos são apresentados na Aero India 2013. Helicópteros de Mil e de Kamov são utilizados há muito na esfera defensiva e na economia da Índia. Os helicópteros apresentados na feira, Ka-226T, Mi-171A2 e Mi-28NE, são novos para o mercado asiático e, sem dúvida, devem despertar especial interesse por parte de visitantes da exposição. Tanto como os helicópteros Ka-27 de diferentes modificações e os Ka-53, estas máquinas são destinadas para aterrar em navios. Atualmente, a Força Naval da Índia tem helicópteros fornecidos ainda nos anos 80 do século passado.
Os visitantes da feira terão acesso a informações referentes a motores de aviação russos de diferente destinação, armamentos aéreos, radares de bordo, sistemas ótico-eletrônicos de pontaria e sistemas de defesa antiaérea. O redator-chefe da revista Defesa Nacional, Igor Korotchenko, disse à Voz da Rússia:
“A feira é uma boa oportunidade, para que negociadores russos possam discutir mais uma vez com parceiros indianos projetos e acordos prometedores e acertar interação no quadro dos programas e acordos existentes”.
O ponto culminante da Aero Índia 2013 será a participação do grupo de pilotagem Russkiye Vityazi que nos dias da feira irá demostrar no céu indiano a arte de acrobacia aérea.
VOZ DA RUSSIA ..SNB

Arquivo do blog segurança nacional