segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Soldados franceses e malianos entram em Diabali


Uma coluna de cerca de 30 viaturas blindadas, com cerca de 200 soldados  malianos e franceses a bordo, entrou na cidade pelas 09:00 (locais e GMT),  sem encontrar resistência, informou o jornalista da AFP que acompanhava  os militares. 
Ainda assim, os responsáveis de ambos os exércitos temem que, à saída  da cidade, os combatentes islamitas tenham deixado minas no terreno. 
A entrada da coluna, que partira de Niono, 60 quilómetros a sul de Diabali,  foi precedida de voos de reconhecimento de helicópteros das forças armadas  francesas. 
Os habitantes saíram de casa para saudar a chegada dos soldados e alguns  tiraram fotografias com os seus telemóveis. 
A coluna partiu da localidade de Niono, 350 quilómetros a nordeste de  Bamako e 60 quilómetros a sul de Diabali. 
O ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drian, indicara no domingo  que Diabali ainda não tinha sido retomada pelas forças malianas.  
"Tudo leva a crer que a evolução de Diabali vai ser positiva nas próximas  horas", acrescentou na altura. 
Testemunhos de habitantes afirmaram à AFP que os islamitas tinham abandonado  a cidade depois de ataques aéreos franceses a 17 de janeiro. 
Um grupo fundamentalista islâmico controla o norte do Mali há nove meses,  tendo motivado uma intervenção militar francesa, que começou a 11 de janeiro,  e outra da África Ocidental. 
Cerca de 2.000 soldados franceses estão já no terreno e esperam a chegada  dos militares africanos, da força da Comunidade Económica dos Estados da  África Ocidental.
sicnoticias.sapo.pt..SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional