terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Japão constituirá força naval para proteger ilhas Senkaku

Tóquio - O Japão anunciou nesta terça-feira que constituirá uma força especial de 600 homens e 12 navios para vigiar e proteger o arquipélago das Senkaku no mar da China oriental, que Pequim disputa sob o nome de Diaoyu.Segundo um porta-voz da guarda costeira japonesa, a futura unidade especial contará com 10 novos navios de 1.000 toneladas e 600 homens, além de dois porta-helicópteros já existentes. A unidade estará completa em três anos.
As lanchas de patrulha japonesas, que vigiam as ilhas e atuam contra as incursões navais chinesas, integram uma unidade com base na ilha de Okinawa, composta por 900 homens.
"Nos parece necessário deslocar navios importantes para enfrentar a situação atual na qual navios chineses estão cada vez mais presentes nas águas circundantes das Senkaku", afirmou o porta-voz.
Pequim envia regularmente barcos, e nos últimos meses aviões, aos arredores das Senkaku, desde a nacionalização em setembro de três das cinco ilhas por parte de Tóquio, que as comprou de seu proprietário nipônico.
O conflito ficou tenso especialmente com a convocação durante uma semana na China de manifestações antinipônicas.
A unidade naval anunciada pelo Japão terá sua base perto do arquipélago disputado, na ilha de Ishigaki, a 175 km de Uotsuri, a principal ilha do arquipélago em discórdia.
Japan Coast Guard/AFP..SNB

Arquivo do blog segurança nacional