quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Israel testa com êxito novo interceptor antimíssil David Sling


O novo interceptor de mísseis “David Sling” terá mais alcance do que os foguetes do sistema análogo “Iron Dome”, de comprovada eficácia quando utilizado nos últimos enfrentamentos travados com a organização palestina Hamas.
O “David Sling”, conhecido também como “Magic Wand” (Varinha Mágica) foi desenvolvido para interceptar misseis de médio e longo alcance e projeteis de artilharia a distâncias superiores a 200 km. Desta forma, o novo sistema ocupará um nível entre o “Iron Dome”, o qual possui capacidade de neutralizar mísseis de curto alcance e projeteis de artilharia disparados a partir da Faixa de Gaza e do Líbano, e o “Arrow” cuja missão é destruir misseis de longo alcance.
Analogamente aos outros integrantes do complexo de contenção de misseis que esta sendo montado por Israel, o “David Sling” é resultado de trabalhos de desenvolvimento executados pela israelense Rafael Advanced Defense Systems com a colaboração de empresas estadunidenses, no caso a Raytheon Company. Sabe-se pouco sobre as características do “David Sling”, entretanto, algumas delas já são conhecidas como sua configuração de dois estágios (um para aceleração e outro de cruzeiro terminal), alcance entre 70 e 250 km e seu sistema de guiamento híbrido radar/eletro-óptico. Segundo fontes locais, os testes com o “David Sling” estavam programados para iniciar-se em 2013, contudo, os recentes ataques com foguetes praticados pelo Hamas forçou o governo de Tel Aviv a determinar a aceleração do desenvolvimento da nova arma.
O aperfeiçoamento do “Iron Dome” também foi acelerado em função dos acontecimentos de novembro passado entre Israel e Hamas. O sistema “Arrow”, lançado no ano 2000, bem como a segunda geração desse sistema conhecido como “Flecha 2” aprovado em julho último, formará ao lado do “David Sling” e do “Iron Dome” um complexo com poder de cobertura em vários níveis, ou seja, curto, médio e longo alcance. Certamente, esse escudo terá como efeito a médio e longo prazo a garantia de que um eventual ataque contra Israel por parte de um inimigo natural mais poderoso torne-se uma hipótese mais remota do que se supunha até pouco tempo atrás.
tecnodefesa.com.br.SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional