quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Sol deixa escapar intensa protuberância


Uma intensa protuberância de plasma escapou do Sol em 22 de outubro; os astrônomos deram à protuberância a classe M5 (na escala de 1 a 10).

As partículas do plasma podem atingir a Terra aproximadamente três dias depois de terem saído ao Espaço. Neste caso, poderão influir fortemente sobre a magnetoesfera do nosso planeta, provocando fenômenos espaciais diversos, nomeadamente tormentas magnéticas, perturbações no funcionamento de equipamentos elétricos e a deterioração da disseminação das rádio-ondas.
Os pesquisadores têm detectado ultimamente um aumento do número de explosões no Sol, o que se deve à fase ativa do astro. O pico dessa atividade se espera que seja em 2013, o que preocupa os estudiosos
SEGURANÇA NACIONAL BLOG

Arquivo do blog segurança nacional